O que significa depressão, causas, sintomas e tratamento da depressão, identificando problemas associados, e o modo de a prevenir.


Depressão sazonal ou transtorno afetivo sazonal

Quem nunca sentiu uma certa melancolia ao olhar a chuva cair e o dia escurecer ao final da tarde? Nesses dias, é bastante comum a sensação de fadiga e desânimo. Porém, em certos casos esses sintomas tornam-se tão graves que dificultam a realização de tarefas simples do cotidiano. Quando se chega a esse ponto, é diagnosticada a Doença Sazonal Afetiva, também conhecida como depressão sazonal.
Segundo o fisiologista John Fontenele Araújo, coordenador do laboratório de Cronobiologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), isso não surge por acaso.
As mudanças climáticas influenciam realmente o nosso humor e a explicação é biológica.
Segundo ele, o cérebro possui um "relógio", que determina o ritmo interno de cada pessoa e emite sinais para diversas áreas cerebrais que controlam o sono, temperatura, liberação de hormônios e outros.
O relógio é "ajustado" pela variação de claro-escuro, dos dias e das noites. No entanto, durante o inverno, há uma mudança na duração do dia, o que acarreta menos horas de luz e mais tempo no escuro, desajustando nossa regulação interna. A falta de luminosidade leva, então, a um estado de introspeção. O humor fica diminuído, há dificuldade de concentração, isolamento social e cansaço. Nessa época do ano também aumenta a vontade de comer, principalmente doces, e de dormir.
Esses sintomas são comuns e todos nós sentimos essas alterações nessa época do ano. Porém, em alguns indivíduos predispostos, principalmente os idosos e aqueles que já tiveram depressão, os sintomas tornam-se mais graves e levam à Doença Sazonal Afetiva, bastante parecida com a depressão clássica. A diferença básica entre o Transtorno Afetivo Sazonal e a depressão maior é que esta última não precisa de uma época do ano específica para se manifestar e não desaparece com as mudanças de estação.
Após estas considerações acerca da depressão você pode estar pensando: “Eh, estou com depressão!” Muita calma, pois o fato de estar com um ou mais desses sintomas, necessariamente não quer dizer que esteja com depressão.
Em caso de dúvidas, não hesite em procurar orientação de um profissional da área da saúde.



ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL