O que significa depressão, causas, sintomas e tratamento da depressão, identificando problemas associados, e o modo de a prevenir.


Sintomas da depressão

Os sintomas da depressão são muito variados, indo desde as sensações de tristeza, passando pelos pensamentos negativos até as alterações da sensação corporal como dores e enjoos. Contudo para se fazer o diagnóstico é necessário um grupo de sintomas centrais:
  • Perda de energia ou interesse
  • Humor deprimido
  • Dificuldade de concentração
  • Alterações do apetite e do sono
  • Lentificação das atividades físicas e mentais
  • Sentimento de pesar ou fracasso

Os sintomas corporais mais comuns são sensação de desconforto no batimento cardíaco, constipação, dores de cabeça, dificuldades digestivas. Períodos de melhoria e piora são comuns, o que cria a falsa impressão de que se está melhorando sozinho quando durante alguns dias o paciente sente-se bem. Geralmente tudo se passa gradualmente, não necessariamente com todos os sintomas simultâneos, aliás, é difícil ver todos os sintomas juntos.
Até que se faça o diagnóstico praticamente todas as pessoas possuem explicações para o que está acontecendo com elas, julgando sempre ser um problema passageiro.
Existem também sintomas emocionais, sintomas fisicos e sintomas comportamentais associados à depressão.

O que é uma depressão

Tristeza ou retrações no humor são reações normais ao longo da vida, tal como alguns reveses e decepções. Muitas pessoas usam a palavra "depressão" para explicar estes tipo de sentimentos, mas a depressão é muito mais do que apenas tristeza.
Algumas pessoas descrevem a depressão como "vivendo num buraco negro" ou descrevam um sentimento de desgraça iminente. No entanto, algumas pessoas deprimidas não se sentem totalmente tristes, mas podem sentir-se sem vida, vazias e apáticas, e os homens, em particular, podem até sentir-se irritados, agressivos e inquietos.

Quaisquer que sejam os sintomas, a depressão é diferente da tristeza normal na medida em que ficam afetados no dia-a-dia da sua vida, com sentimentos e comportamentos que interferem com a sua capacidade de trabalhar, estudar, comer, dormir e divertisão. Os sentimentos de desamparo, desesperança e inutilidade são intensas e implacáveis, sem que exista nenhum alívio.


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL